Óleo essencial de alecrim e seus benefícios

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

O óleo essencial de alecrim é um óleo muito procurado por sua versatilidade, conhecido pelas suas propriedades antissépticas, analgésicas, antidepressivas e estimulantes. Atua no sistema circulatório e vascular. É um excelente estimulante da memória e da circulação, por isso é útil na fadiga mental e física.

 É também um analgésico regulador suave que ajuda a equilibrar corpo e mente. É 100% puro e natural, certificado pelo IBD.

Óleo essencial de alecrim e seus benefícios
Óleo essencial de alecrim e seus benefícios

O alecrim ( Rosmarinus officinalis ) é um arbusto sempre-verde com folhas semelhantes a agulhas e um aroma amadeirado. Embora seja mais conhecido como tempero alimentar, é uma das plantas aromáticas e medicinais mais populares do mundo.

Ele é extraído e vendido em pequenas garrafas. Devido ao uso do óleo de alecrim na medicina popular, muitos cientistas estão testando seus potenciais em benefícios à saúde

Propriedades medicinais do óleo de alecrim

Revigorante e estimulante da circulação, ativa a oxigenação de todo organismo elevando a pressão arterial. Indicado para quem tem pressão baixa, tonturas ou fraquezas, sendo útil também para sonolência, letargia e preguiça.

Estimulante do sistema nervoso, aviva a mente e ajuda a aliviar dores de cabeça e enxaquecas. Considerado o óleo dos estudantes, ele melhora a memória, atenção e concentração. Limpa a mente da confusão e dúvidas da fadiga mental. Age como anti-stress e relaxante dos nervos.

– Antisséptico e expectorante alivia tosses, gripes, resfriados e rinites.

Anti-espasmódico, ajuda a aliviar gases, flatulência, constipação, colite e dores estomacais, também estimula o fígado.

– Analgésico suave, pode ser um leve relaxante muscular sem efeitos sedativos. Alivia dores em geral, entorses e artrites.

Pode melhorar a função cerebral

Na Grécia e Roma antigas, acreditava-se que o alecrim fortalecia a memória.

Pesquisas indicam que a inalação de óleo de alecrim ajuda a impedir a quebra da acetilcolina, uma substância química cerebral importante para o pensamento, a concentração e a memória

Num estudo feito com 20 jovens foram questionados sobre matemática em uma pequena sala difundida com óleo de alecrim, constatou que sua velocidade e precisão aumentaram em proporção direta à duração da difusão do óleo.

Além disso, os níveis sanguíneos também aumentaram – ilustrando que o alecrim pode entrar em seu corpo através da respiração.

Da mesma forma, os estudantes de enfermagem que respiraram óleo de alecrim durante o teste relataram aumento da concentração e recuperação de informações em comparação com a respiração sem óleo essencial.

A inalação do alecrim também pode melhorar a função cerebral em idosos com demência, incluindo aqueles com doença de Alzheimer.

As pesquisas estão caminhando, estudos são feitos constantemente para comprovar mais eficácias do óleo essencial de alecrim.

Estimula o crescimento do cabelo

O alecrim é uma planta com um cheiro bem característico, exala uma essência forte e agradável. Quando encontrada no formato de óleo essencial, essa erva possui uma série de propriedades terapêuticas. Além de ajudar na saúde, é excelente também para cuidar da pele e dos cabelos.

Um dos tipos mais comuns de perda de cabelo é a alopecia androgenética, mais conhecida como calvície masculina, embora também possa afetar mulheres .

O óleo de alecrim trata a alopecia androgenética, impedindo que um subproduto da testosterona ataque os folículos capilares, que é a causa dessa condição.

Quando homens com alopecia androgenética massagearam óleo de alecrim diluído no couro cabeludo duas vezes por dia durante seis meses, eles experimentaram o mesmo aumento na espessura do cabelo que aqueles que usavam minoxidil, um remédio caro, comum para o crescimento do cabelo .

Além disso, aqueles que usaram o óleo de alecrim relataram menos prurido no couro cabeludo em comparação com o minoxidil, o que sugere que o alecrim pode ser mais tolerável.

O óleo essencial de alecrim também pode combater a perda de cabelo irregular ou alopecia areata, que afeta até metade da população abaixo dos 21 anos e cerca de 20% das pessoas acima dos 40.

Quando pessoas com alopecia areata esfregavam uma mistura de óleo essencial de alecrim no couro cabeludo todos os dias durante sete meses, 44% mostraram melhora na perda de cabelo em comparação a 15% no grupo controle, que usava os óleos neutros de jojoba e uva

Ajuda a aliviar dores

Em um estudo de duas semanas, os sobreviventes de derrame com dores no ombro, receberam uma mistura de óleo de alecrim com acupressão por 20 minutos duas vezes ao dia. Eles relataram uma redução de 30% na dor. Aqueles que receberam apenas acupressão tiveram uma redução de 15% na dor.

Além disso, um estudo em animais determinou que o óleo de alecrim era levemente mais eficaz para a dor do que o acetaminofeno, um medicamento comum para a dor sem receita.

Na medicina popular, o óleo essencial de alecrim é utilizado como um analgésico leve

Repele insetos

O óleo essencial de alecrim tem se mostrado uma excelente alternativa natural como repelente de insetos em relação aos produtos químicos. Combate insetos nocivos que podem picar as crianças em temperaturas muito quentes ou até mesmo infestar seu jardim,

Quando um pesticida à base de óleo de alecrim , EcoTrol, foi pulverizado em tomateiro com efeito de estufa, reduziu a população de ácaros-aranha em 52%, sem prejudicar as plantas

O alecrim também ajuda a repelir certos insetos sugadores de sangue que podem espalhar vírus e bactérias prejudiciais.

Quando o óleo de alecrim foi medido contra 11 outros óleos essenciais, teve o efeito repelente mais prolongado nos mosquitos Aedes aegypti , e também combateu o vírus Zika. Uma diluição de 12,5% de óleo de alecrim repeliu 100% dos mosquitos por 90 minutos.

Além disso, um spray contendo 10% de óleo de alecrim foi igualmente eficaz como inseticida, no controle da propagação de carrapatos de patas negras – que abrigam a doença de Lyme

Óleo essencial de alecrim para aliviar o estresse
Óleo essencial de alecrim para aliviar o estresse

Pode aliviar o estresse

Muitos fatores podem causar estresse – Dia a dia, trabalho, faculdade, casa… A inalação de óleo de alecrim pode ajudar a reduzir a ansiedade e o estresse da rotina diária.

Quando os estudantes de enfermagem respiravam óleo de alecrim de um inalador antes e durante o periodo de provas, o pulso diminuía cerca de 9% – enquanto nenhuma mudança significativa ocorreu sem o óleo de alecrim

Podemos citar aqui inúmeras vantagens que o óleo essencial de alecrim pode te proporcionar, portanto vamos resumir suas propriedades e benefícios:

  • Câncer: o óleo de alecrim tem efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios, que estudos em tubo de ensaio sugerem que podem combater células cancerígenas (30 Fonte confiável, 31 Fonte Confiável, 32 Fonte confiável)
  • Saúde hepática e digestiva: estudos em animais indicam que o óleo de alecrim pode estimular a liberação da bile, que é importante na digestão de gorduras, e ativar seus próprios mecanismos de defesa antioxidante para proteger seu fígado (33 Fonte Confiável, 34 Fonte Confiável, 35 Fonte Confiável)
  • Intoxicação alimentar: O óleo de alecrim pode ajudar a inibir o crescimento de certas cepas de bactérias que causam intoxicação alimentar . Isso requer o uso de quantidades muito pequenas e precisas de óleo de qualidade alimentar. Não faça isso em casa ( 36 , 37 ,38 Fonte Confiável)
  • Efeitos colaterais de antibióticos: alecrim e outros óleos essenciais podem aumentar a eficácia de certos antibióticos. Isso pode permitir uma dose mais baixa desses medicamentos, o que poderia reduzir os efeitos colaterais (Fonte Confiável, 39 Fonte Confiável, 40 Fonte confiável)
  • Resistência a antibióticos: alecrim e outros óleos essenciais podem enfraquecer as paredes celulares de bactérias resistentes a antibióticos – não apenas as danificando, mas também permitindo a entrada de antibióticos (Fonte Confiável, 41 ,42 Fonte confiável)

O óleo essencial de alecrim também é bastante eficaz para;

  • Má circulação
  • responsável pelo bom humor
  • Combate inflamações nas articulações
  • Promove o bem estar
Óleo essencial de alecrim diluição
Óleo essencial de alecrim diluição

Como usar o óleo essencial de alecrim

O óleo de alecrim pode ser inalado ou aplicado topicamente. É muito concentrado, então você deve usar apenas algumas gotas de cada vez. As garrafas pequenas em que é vendido contêm conta-gotas de plástico que facilitam a distribuição de gotas únicas.

Embora alguns fabricantes afirmem que é seguro engolir ou consumir seus óleos essenciais, não há evidências científicas que apoiem isso. Os óleos essenciais nunca devem ser engolidos, a não ser que seja especificamente comestível.

Aqui estão algumas orientações fáceis para inalação ou uso tópico de óleo de alecrim.

Inalação

A maneira mais simples de inalar o óleo de alecrim é abrir a garrafa e inspirar. Como alternativa, você pode colocar algumas gotas em um pano ou tecido e segurá-lo perto do seu rosto.

Muitas pessoas usam difusores de aromaterapia, que distribuem o óleo essencial pelo ar no ambiente.

Em geral, evite colocar um difusor próximo a bebês ou crianças pequenas, pois é difícil saber a quantidade que eles estão inalando.

Uso tópico

O alecrim e outros óleos essenciais são facilmente absorvidos pela corrente sanguínea quando você os aplica na pele.

Geralmente, é aconselhável diluir os óleos essenciais com um óleo neutro, como o óleo de jojoba, de coco ou de amêndoas. Isso ajuda a evitar possíveis irritações da pele e evaporação prematura do óleo.

Dicas de como diluir seu óleo essencial

Diluição Como prepará-lo
Bebês 0,3% Use 1 gota de óleo essencial por 1 colher de sopa de óleo transportador
Crianças 1,0% Use 1 gota de óleo essencial por 1 colher de chá de óleo transportador
Adultos 2,0-4,0% Use 3 a 6 gotas de óleo essencial por 1 colher de chá de óleo transportador

Depois de diluído, aplique o óleo na parte inferior dos pés ou na parte do corpo desejada, como um músculo dolorido. Em seguida, esfregue o óleo em sua pele. Isso melhora a inundação sanguínea e a absorção do óleo.

Evite aplicar alecrim e outros óleos essenciais na pele lesionada ou perto de áreas sensíveis, como os olhos.

Geralmente, é aconselhável evitar o óleo de alecrim se você estiver grávida ou tiver epilepsia ou pressão alta. O óleo de alecrim pode piorar as duas últimas condições.

Existem algumas precauções, mas o óleo essencial de alecrim é uma ótima opção de óleo para introduzir na rotina do dia a dia e trazer bem estar físico, mental e emocional.

Não deixe de nos acompanhar aqui no site e através das nossas redes sociais para mais novidades sobre óleos essenciais.

Obrigada e até a próxima! 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *